terça-feira, 21 de junho de 2011

Noticias Sobre a Politica Mundial sobre uso de Álcool e outras substâncias.


Após descriminalizar o uso pessoal, em 2006, o país deve acelerar o debate na direção de rever proibição da maconha e outras substâncias banidas
A decisão do STF de autorizar a Marcha da Maconha dá uma brecha para retomar o debate sobre legalização e descriminalização das drogas.Em realidade, existem dois debates. O primeiro, sobre descriminalização, ou despenalização (eliminar ou abrandar punições ao consumidor), avançou de forma considerável no Brasil.O segundo, sobre legalização (autorizar produção, venda e consumo de substâncias hoje proibidas), mal caminhou por aqui. Se é que não retrocedeu, como sugere a renitente sanha proibicionista contra manifestações públicas pela mudança na legislação.Esta Folha defende desde os anos 1990 que se faça uma discussão serena e sem preconceito de propostas alternativas para enfrentar o flagelo das drogas.
Em 1994, por exemplo, no editorial "Drogas às Claras", já reconhecia a falência das políticas repressivas. Advogava que a abordagem policial fosse substituída pela ótica da saúde pública, com ênfase em programas de prevenção e recuperação de dependentes. A legalização, preconizava, acabaria com o prêmio pelo risco que multiplica o valor da droga e, assim, o lucro dos traficantes.(FOLHA DE SÃO PAULO, 2011)
O coordenador de Saúde Mental e Álcool do Ministério da Saúde, Roberto Kinoshita, disse nesta terça-feira 07 de Junho de 2011, em audiência pública na Câmara, que alcoólatras e outros dependentes químicos receberão ajuda do governo para largar o vício. Segundo ele, o grupo interministerial encarregado de definir ações nesse sentido apresentará, nos próximos meses, ações concretas para que essas pessoas não só tenham acompanhamento médico e psicológico, mas sejam inseridas na comunidade por meio de moradia social — subsidiada pelo governo — e sejam capacitadas a trabalhar e ter uma renda.(GUSTAVO LIMA,2011)
Estas informações sobre a legalização das drogas ilícitas em contra partida a politica de redução de danos em relação ao álcool e outras drogas nos remete a pensar sobre assunto, polemico ele ainda tem um longo caminho a percorrer ate se chegar a um veredito final.

Postado por Gildeclar Joseph.

Referencias:

Gustavo Lima, Dependentes de álcool e drogas terão moradias subsidiadas, 2011

Folha de São Paulo, Legalizar as drogas, 2011
http://www.uniad.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=9260:legalizar-as-drogas&catid=29:dependencia-quimica-noticias&Itemid=94

Um comentário:

  1. E o seu posicionamento? Em que lugar vc se coloca nesta polêmica?

    ResponderExcluir